AMAZÔNIA

Vida na Amazônia / Life in the Amazon

Aqui eu mostro como é a vida na Amazônia através de algumas imagens do meu acervo, que realizei entre os anos de 1989 e 1992 quando morei e trabalhei na região. As fotografias originais estão em slides diapositivos, e foram escaneadas para o formato digital. 

Here I show what life is like in the Amazon through some images from my collection, which I shot between 1989 and 1992 when I lived and worked in the region. The original photographs are on slide films, and have been scanned into digital format.

Natureza exuberante / Exuberant nature

Os rios da Amazônia, além de trazer a subsistência, são também as principais vias de transporte da região. As diferentes cores (verde, preta e marrom) são definidas por suas composições químicas. No encontro dos rios as águas não se misturam imediatamente por causa dessas diferenças e temperaturas.

A pororoca acontece quando o rio Amazonas choca violentamente com o oceano Atlântico na maré alta, principalmente na lua cheia, no arquipélago do Marajó.

The rivers of the Amazon, in addition to bringing subsistence, they are also the main transport routes in the regio.. The different colors (green, black and brown) are defined by their chemical compositions. When the rivers meet, the waters don’t mix immediately because of these differences and temperatures.

The pororoca or tidal bore, happens when the Amazon river clashes violently with the Atlantic Ocean, especially at full moon, in the Marajó archipelago.

Embarcações / Boats

As canoas e embarcações maiores são os principais meios de transporte. As viagens duram horas ou dias e as pessoas dormem em redes que balançam com o barco.

Canoes and larger boats are the main means of transport. The trips take hours or days and people sleep in hammocks that rock with the boat.

Cotidiano das pessoas da floresta / Daily life of the forest people

Habitações / Dwelling

Palafitas / Houses on stilts

As comunidades situadas em áreas de várzea ficam alagadas em média 4 meses por ano. As casas são palafitas bem altas que suportam a cheia do rio. Os moradores constroem pequenas pontes de madeira, tábuas que ligam suas casas aos galinheiros suspensos, criam porcos em pequenas palafitas construídas para este fim. As hortas também são suspensas. Além disso, a única locomoção entre as casas é por canoas. Elas também são usadas para encontros com os amigos, abaixo de uma árvore. A vegetação que se vê nas imagens é a copa das árvores ou arbustos. Estas sobrevivem as cheias. Outra vegetação é o capim flutuante, que deve ser “varrido” com o remo, para que não atraia animais como jacaré e cobra. É comum as cobras invadirem as casas durante a cheia. Não é um ambiente fácil de sobrevivência. Jovens e crianças se encontram para um bate-papo nas canoas. No rio Solimões são comuns as casas flutuantes.

Communities located in lowland areas are flooded on average 4 months a year. The houses are very high stilts that support the flood of the river. Residents build small wooden bridges, planks that connect their houses to the suspended chicken coops, raise pigs on small stilts built for this purpose. The gardens are also suspended. In addition, the only locomotion between the houses is by canoes. They are also used for meetings with friends, under a tree. The vegetation seen in the images is the crown of trees or shrubs. They survives the floods. Another vegetation is the floating grass, which must be “swept” with the paddle, so that it does not attract animals such as alligator and snake. It is common for snakes to invade houses during the flood. It is not an easy environment for survival. Young people and children meet for a chat in the canoes. Floating houses are common on Solimoes river,

Farinha de mandioca / Manioc or cassava flour

A farinha de mandioca é a base da alimentação na Amazônia e ingrediente essencial da população brasileira. Existem vários tipos de mandioca e a partir da raiz da planta são produzidas as farinhas d’água, farinha seca (amarelas), a tapioca e a goma (brancas). As farinhas são ingredientes de vários outros alimentos típicos da alimentação indígena e brasileira. Na zona rural da Amazônia, quase todas as famílias possuem suas casas de farinha, que também pode ser comunitária. A confecção da farinha é um trabalho primordialmente feminino, mas em várias etapas do processo a família toda ajuda. A mandiocas são colhidas, descascadas e raladas. A massa é então colocada dentro de um objeto cilíndrico e comprido, feito de palha trançada e pendurado no teto da casa de farinha que ao ser esticado, extrai a água da mandioca, o tucupi. A massa seca é então torrada num grande forno se transformando na farinha. O tucupi fica descansando para que o amido ou goma se separe do líquido. O tucupi é venenoso devido à presença do ácido cianídrico, mas o cozimento elimina o veneno.  Depois de fermentado de 3 a 5 dias é usado como molho na culinária.

Mais sobre a farinha de mandioca e sobre o tucupi preto, siga esse link

Manioc or cassava flour is the basis of food in the Amazon and an essential ingredient of the Brazilian population. There are several types of manioc and from the root of the plant it is produced the different types of flour which can be yellow or white . They are ingredients of several other foods typical of indigenous and Brazilian culinary. In rural Amazon, almost all families own their flour huts, which can also be communal.

Making the flour is primarily a female work, but at various stages of the process the whole family helps. In the process the manioc is harvested, peeled and grated. The dough is then placed inside a long cylindrical object, made of braided straw and hung from the ceiling of the flour hut which, when stretched, extracts the yellow water from the dough, which is called tucupi. The dry dough is then roasted in a large oven and transformed into flour. The tucupi rests so that the starch or gum is separated from the liquid. Tucupi is poisonous due to the presence of hydrocyanic acid, but cooking eliminates the poison. After fermented for 3 to 5 days it is used as a sauce.

For more on manioc flour and the black tucupi, follow this link.

Fachadas de casas nas cidades / Facades of houses in cities and towns

Comércio nas cidades / Trade in cities and towns

Retratos / Portraits

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close